• João Carlos

[Defesa de Dissertação] Igor Palma Barbosa

No dia 11/03/2021 ocorreu a defesa da dissertação do integrante do FOMERI Igor Palma Barbosa, tendo por título "Os efeitos do Acordo sobre Agricultura da Organização Mundial do Comércio para incentivar a promoção da segurança alimentar: uma revisão sistemática da literatura" . Egresso do Programa de Pós Graduação em Ciência Política e Relações Internacionais da Universidade Federal da Paraíba (PPGCPRI/UFPB).



Resumo: O presente trabalho se propõe a analisar os efeitos que os 3 pilares do Acordo sobre Agricultura (AsA) apresentaram para incentivar a promoção da segurança alimentar dos países signatários da Organização Mundial do Comércio (OMC). As disposições sobre subsídios a exportação, acesso a mercados e apoio interno tem nutrido intensos debates na literatura especializada e sua eficácia para aumentar as capacidades que os Estados periféricos possuem para implementar medidas de defesa a sua segurança alimentar e desenvolvimento de seu setor agrícola consiste em um ponto sensível de divergências. A persistência de vantagens comerciais a países desenvolvidos tem apresentado impacto direto na variabilidade dos preços e oferta de produtos agrícolas nos mercados globais. Diante da persistência de medidas protecionistas distorcivas acionadas por grandes exportadores de alimentos, o axioma defendido pela OMC para promover a segurança alimentar, pautado na ampliação dos fluxos de comércio agrícola para aumentar a disponibilidade de alimentos e receitas para prover programas nacionais de assistência alimentar, tem encontrado dificuldades para se realizar. Considerando que existem teses contraditórias sobre o potencial de intervenção do modelo de liberalização agrícola defendido pela AsA para a segurança alimentar, a condução de uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL) foi julgado pertinente para testar a hipótese da OMC representada pelo seu axioma em defesa do livre comércio. A RSL consiste em um método capaz de traduzir e sistematizar uma grande quantidade de informações objetivando contribuir com respostas para perguntas relacionadas à eficácia e teste de cadeias de causalidade. O resultado da pesquisa nos permitiu verificar que a regulamentação dos pilares do AsA pouco contribuiu para modificar a capacidade de aplicação de políticas distorcivas de países desenvolvidos e aumentar o policy space dos países em desenvolvimento e menos desenvolvidos para promover sua segurança alimentar.



Banca examinadora:

Henrique Zeferino de Menezes

Thiago Lima da Silva

Italo Fittipaldi



15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Planeta FOME – uma visão de mundo indigesta

Não coma! Deixe de comer. Aperte o cinto, fume um cigarro. Chupe uma bala, tome um copo de cachaça. Aprecie um salgadinho, mas não coma! Comer é um ato de resistência. Portanto, não resista! Mas resis